“A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são.”

6 de junho de 2009

Ufa, mas que calor está aqui.


Marabus africanos
(Leptoptilus crumeniferus)
.
O marabu (Leptoptilos crumeniferus) é uma grande cegonha africana, carnívora, de cabeça e pescoço nus. Possui um bico muito forte e uma bolsa pneumática na base do pescoço. É também conhecida pelo nome de cordufal.

Descrição
É uma ave muito grande. Chega a atingir uma altura de 150 cm, um peso superior a 9 kg e uma envergadura de asas de 3,5 m. Partilha com o
condor-dos-andes a distinção de possuir a maior envergadura de asas das aves terrestres (o albatroz-errante alcança os 3,7 m). Ao contrário dos restantes géneros da família, voa com o pescoço retraído, tal como uma garça. Este voo é característico do género Leptoptilos.
O marabu é inconfundível devido ao seu tamanho, cabeça e pescoço pelados, dorso negro e parte inferior branca. Tem um bico enorme, um saco gular rosado, uma gola de penas, e as pernas e asas negras ou cinza escuras. Não existe grande
dimorfismo sexual, mas os jovens são mais acastanhados e possuem um bico menor. A maioridade é atingida aos quatro anos.
.
Habitat e distribuição
Habita a
África subsariana, com ocorrência tanto em habitats húmidos ou secos, frequentemente próximo de habitações humanas, frequentando lixeiras.

Comportamento
Desloca-se principalmente caminhando. É gregário e procria em colónias. Na estação seca, quando lhe é mais fácil encontrar alimento, dado que as massas de água diminuem, constrói um ninho numa árvore onde põe dois ou três ovos.
Tal como as outras cegonhas, é muito ruidoso vocalmente e batendo o bico, especialmente durante a corte. Nessa ocasião produz também diversos ruídos com o saco do pescoço.
Para descansar senta-se frequentemente sobre os tarsos, assumindo uma postura bizarra.
Assume frequentemente um comportamento
saprófago, para o qual se prestam as adaptações da cabeça nua e do bico, tal como os abutres em companhia dos quais o marabu frequentemente come. A cabeça sem penas é muito mais fácil de manter limpa.
Esta grande ave come diferentes tipos de animais, tanto vivos como cadáveres, incluindo
mamíferos e répteis. As presas vivas incluem térmitas, peixes, gafanhotos, lagartas, rãs, roedores, ovos e recém-nascidos de crocodilos, ovos de tartaruga, pombos, flamingos, ovos e crias de cormorão e de pelicano, etc.

2 comentários:

Juan Carlos disse...

Ya veo que te gustan los animales salvajes. Este posó sin problemas para ti.

Saludos.

ruimnm disse...

Excelentes fotografias tem aqui. Parabéns.

PARA OBTER UM TAMANHO NORMAL-CLICAR NA FOTO

olharesmil

olharesmil
WEBSITE PESSOAL