“A fotografia é a poesia da imobilidade: é através da fotografia que os instantes deixam-se ver tal como são.”

31 de maio de 2010

Ruralidades


Quem já andou... 

2 comentários:

Jota ® disse...

Magnifica!

Juan Carlos disse...

Me gustan estas escenas llenas de encanto con cosas que ya, por desgracia, están llamadas al olvido. Buena foto.

Saludos.

PARA OBTER UM TAMANHO NORMAL-CLICAR NA FOTO

olharesmil

olharesmil
WEBSITE PESSOAL